Formulação de Perfumes: Notas de um Perfume

Notas de um perfume e os óleos essenciais a utilizar na formulação do seu perfume. Inclui informação teórica e uma breve experiência para chegar a uma formulação, que poderá depois

Formulação de Perfumes: Notas de um Perfume

Veja aqui o que são e como escolher as notas de um perfume e os óleos essenciais a utilizar na formulação do seu perfume. Inclui informação teórica e uma breve experiência para chegar a uma formulação, que poderá depois utilizar com esta ou outra receita de perfume:

Um perfume consiste em três ingredientes principais: 

  • óleos essenciais
  • álcool
  • água

Escolha dos aromas para o seu perfume

  1. Aromas florais: jasmim, gerânio, ylang-ylang, rosa, neroli
  2. Aromas herbais: alecrim, manjerona, hortelã pimenta, lavanda, salvia
  3. Aromas a terra: vetiver, patchouli
  4.  Aromas a especiarias, orientais e exóticos: canela, pimenta preta, gengibre, cardamomo, noz-moscada e coentros.
  5. Aromas frutados: bergamota, lima, limão, laranja, erva-limão, tangerina
  6. Aromas madeirados (mais utilizados em perfumes para homem): cedro, sândalo, pinho, cipreste

As notas de um perfume
Utilize notas base, notas do meio e notas de topo para formular o seu perfume. Adicione-as na ordem correcta (primeiro as notas base, depois as notas do meio e depois as notas de topo)

  • Notas de topo: bergamota, limão, neroli, lavanda – aromas cítricos e herbais
  • Notas do meio: gerânio, cravo, rosa, neroli, ylang-ylang, jasmim – geralmente são aromas florais
  •  Notas base: canela, cedro, sândalo, baunilha, musgos e aromas madeirados – são a base do perfume, o que permanece mais tempo na pele.

Formulação de Perfume

Passos

– Escolher os óleos essenciais para a nossa mistura.

Podemos escolher:

– 1 nota de topo

– 1 nota  de meio

– 2 notas de base

 

  1.  Colocar dois pedaços de algodão num tabuleiro ou pratos de papel.
  2.  Colocar com cuidado, uma gota da nota de topo em cada pedaço de algodão. Escrever a fórmula (qual o óleo utilizado e nº de gotas) num papel junto a cada algodão (uma fórmula para cada um.
  3.  Colocar dois pedaços de algodão num tabuleiro ou pratos de papel.
  4. Colocar com cuidado, uma gota da nota de topo em cada pedaço de algodão. Escrever a fórmula (qual o óleo utilizado e nº de gotas) num papel junto a cada algodão (uma fórmula para cada um.
  5.  Colocar com cuidado, uma gota da nota de meio em cada pedaço de algodão. Escrever a fórmula (qual o óleo utilizado e nº de gotas) num papel junto a cada algodão (uma fórmula para cada um.
  6. Cheirar cada algodão. O cheiro ainda é igual.
  7. Colocar com cuidado, uma gota da nota de base 1 no pedaço de algodão 1 e  uma gota da nota de base 1 no pedaço de algodão 2. Escrever a fórmula (qual o óleo utilizado e nº de gotas) num papel junto a cada algodão (uma fórmula para cada um.
  8.  Esperar uns minutos, para os óleos se misturarem. Cheirar cada pedaço de algodão. Agora o cheiro é diferente.
  9. Deixar os óleos assentarem (pode demorar uma hora), devido à evaporação lenta das notas de base. Está pronto quando o cheiro já não muda.
  10. Onde comprar óleos essenciais: Ingredientes

Faça Você Mesmo. Dicas para poupar dinheiro e o ambiente: os óleos essenciais podem ser utilizados para fazer sabonetes, cremes, perfumes, detergentes naturais, velas, óleos de massagem, aromaterapia.

– Limpe a sua casa com ingredientes naturais que tem à sua mão na despensa e frigorífico ou faça os seus próprios detergentes naturais, diminuindo o seu impacto ambiental. 
Utilize produtos de limpeza naturais como bicarbonato de sódio, bórax, sal, sumo de limão, vinagre e óleos essenciais quando limpar a sua casa. Livra-se de químicos, protegendo o ambiente, a sua saúde e a sua carteira.

– Se fizer os seus próprios cremes de banho, champô e sabonetes, poderá utilizar a água do banho para regar plantas ou uma pequena horta em casa. Estes produtos naturais terão de ser feitos sem sulfato de lauril de sódio ou outros químicos prejudiciais à sua saúde e à das suas plantas e legumes.

faca voce mesmo

cartaz workshops ambiente ciencia maio